Sites Grátis no Comunidades.net

Rating: 2.7/5 (432 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...

 

O meu site vale 

R$867.928,9

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Total de visitas: 219351
OGÁNS E EKÉJI
OGÁNS E EKÉJI

OGÁN e EKÉJI

 

São pessoas que não têm a capacidade de incorporarem o Òrìsà mas foram escolhidos por êle para seus filhos e, como tal, êles devem apresentar-se numa casa de Òrìsà. Uma vêz aceitos e entronizados na casa, êles devem enquadrar-se antes de tudo como um filho do Òrìsà, depois é que vêm as prerrogativas e "status " do Ogán ou Ekéji.

Ocupam vários cargos da casa de Òrìsà. Os mais conhecidos são os ONÍÌLU, tocadores de atabaques, AXÒGÚN, que sacrifica para os Òrìsàs, PEJIGÁN, zela e guarda o PEJI, etc..Para as Ekéji temos a YAMORÒ, mãe criadeira, ÁLÁAXÈ ou ÌYÁLÁXÈ, cozinha para os Òrìsàs ou no culto, IYÁEFUN, pinta os ÌYÀWÓ, etc..

São suspensos e depois confirmados, receberão todas as obrigações necessárias mas não serão raspados. Alguns escolhidos para cargos de confiança total dentro da casa, devem ser raspados e serem ADÓSÙU, visto que em certos casos êles terão permissão para colocar a mão num ORÍ ADÓSÙU, cabeça que levou ÓSUN, tendo, necessàriamente, de ser também um ADOSÙU.

cargos religiosos

Apresentamos agora alguns cargos religiosos, ipò e títulos, oyè, que todas as pessoas iniciadas recebem por razões ligadas ao seu Òrìsà e por seu espírito de iniciativa e a deferência que possuem junto à “mãe de santo”ou o “pai de santo”.

 

ACulto a Èsù.sùmulè ou Olusùmulè - Sacerdote do

Abíyán - 1º Cargo dentro da religião. (ambos os sexos).

Abore - Sacerdote do Culto dos Orixá

Abòrisa–Cultuador(a) dos Orixá. Terminologia substituída incoerentemente pelo termo candomblecista.

Àbúrò - Não é cargo religioso (simplesmente é o irmão mais novo).

Adébo - Sacrificador de animais aos OOrixa.

NB.: Termo totalmente abolido no Brasil. Motivo: Complexo da terminologia “ade -homossexual”.

Ahoun Osun - Homem chefe dos cantores do culto de Osun.

Àjimúdà - Sacerdootisa de Oya.

Ajoyé - Cargo de exclusividade feminina - Pessoa encarregada de cuidar e ladear os Orixá, quando incorporados.

Alágbè - Mestre de Cerimoniais (civis ou religiosos), Cruner de um determinado conjunto musical.

NB.: Tornou-se cargo religioso no Brasil.

Alásé - Cozinheiro dos Orixás.

Alãrù - Cargo masculino – Encarregadoo de levar os ebo.

Apétèbi - Auxiliar feminina do Bàbálàwoo.

Ásogba, Apogan, Ejitata e Apotun - Títulos exclusivamente masculinos/cargos dentro do Culto aos Orìsà Omolu/Obaluaiyé, Ajágún,Etetu e Boromu.

NB.: A terminologia “Asògún” não e utilizada dentro do  culto aos Òrìsà acima discriminados.

Àràbà - A mais alta autoridade no Culto a Orumila.

Asògún - Cargo exclusivamente masculinno. Literalmente, significa aquele que possui as bênçãos do Òrìsà Ogún, que é o portador doObe/Faca. Possui dois auxiliares o Otun e Osi.

NB.; Outrora, somente os filhos do Orixá Ogún, os não elegun, podiam ocupar este cargo após iniciação religiosa.

Alagbã - O mais alto cargo do Culto dee Egungun.

Alapini - Chefe supremo do Culto a Egunngun.

Amúsan ou Amúisan - São os futuros Ojé.

Bàbá Efun - Pai da pintura/responsável pela pintura dos iniciados.

Bàbáalàáse - Dirigente de uma linhagem saccerdotal.

Bàbá Kékeré - Pai pequeno.

Bàbálòrìsà - Pai de Santo.

Bàbáláwo - Sacerdote do Culto a Orunmilaa. 

Bàbálóòsanyìn ou Onisegùn - Encarregado da colheita e maceração das folhas  litúrgicas/Sacerdote do Culto ao Òrìsà Osanyìn.

Bàbá Korin - Responsável pelos cânticos sagrados dos Orixá.

Bàbá Kókìkí - Responsável pela entoação dos oriki dos Orixá.

Ègbon  (pronuncia-se Ebomi) -  Simplesmente o irmão mais velho (a) de uma família .  Tornou-se cargo religioso no Brasil.

Ìyábasé - Cozinheeira, aquele que prepara as comidas dos Orixás

  Ìyádagan - Realiza os rituais do ipadé.

Ìyá Efun - Mãe da pintura/encarregada de pintar os iniciados.

Ìyá Kékeré - Mãe pequena.

Ìyá Kirun - Responsável pelas adura dos Orixá.

Ìyágbásé - A mais antiga das cozinheiras dos Orrixa.

Ìyálòrìsà - Mãe de santo.

Ìyámorò - Encarreegada de encaminhar os ebo, após o término do ipadé.

Ìyá Pepe - É quem cuida dos altares dos Orixá.

Ìyá Tebese - Encarregada dos cânticos dos Orixá.

Ìyá Bãra/Sidagan - Sacerdotisa de Èsù.

Obàlàse - É quem cuida dos altares de ÒÒsàlá

Obàlale - Guardiãão do Templo de Òsàlá.

Ogã (pronuncia-se Ogam) - Qualquer pessoa de ambos os sexos que exerça ou ocupe altos cargos ou funções civis ou religiosas.   No Brasil, tornou-se cargo religioso de exclusividade masculina.

Òjè - Sacerdoote do Culto de Egúngun.

Ojugbonã - Mãe criadeira. Aquela que mosstra/ensina o caminho ao neófito da religião dos Orixá.

Olùpona - Guardião dos Templos de Exú ee Ògún.

Onilú - Literalmente “proprietário/toocador do Ìlu/atabaque”.

 

Os cargos apresentados anteriormente são apenas uma parte dos ipò e oyè dados aos iniciados na religião africana, pois grande parte dos cargos do povo de santo foi se perdendo com os passar do tempo ou foram esquecidos.

 1